Feitiço dos quatro elementos…

20 ago

Continue lendo

Anúncios

A Cabala e o Dharma na Magia…

3 jun

Cabala: Para tornar mais simples a tarefa de explicar, vamos começar dizendo o que ela não é.

Cabala não é: Religião, auto-ajuda, superstição, magia, bruxaria, sociedade secreta, meditação, adivinhação, significados dos sonhos, ioga ou espiritismo. Embora ela possa estar relacionada a todas estas coisas. 

Agora fica mais simples entender o que é a Cabala.

Ela é um conjunto de ensinamentos sobre Deus.  Ela diz o porque nascemos e existimos, porque vivemos e qual é o objetivo da nossa vida, de onde viemos e para onde vamos depois de cumprirmos nosso objetivo na vida.

O ser-humano tem muitas missões e a cabala é o caminho espiritual que permite trazer de volta o elo com a verdadeira origem de tudo. Nada acontece por acaso. Existe lei para a causa e o efeito, assim, como existe lei da gravidade e leis espirituais.

A palavra Cabala ou Cabalá significa receber, recebimento, uma forma de misticismo, pois ensina ao homem a ter contato direto com esferas superiores da realidade ou mesmo com manifestações do próprio Criador. 

Durante o Renascentismo, a Cabala despertou o interesse aos distintos grupos misticos cristãos intrigados com a compatibilidade entre as duas tradições, a cristã e a cabalística. Considero Jesus Cristo um mestre de cabala cristã (católica) que levou novos níveis de interpretação aos textos sagrados cristãos, um sincretismo mais profundo que resultou no surgimento da chamada Cabala Hermética que reúne a alquimia, astrologia, religiões egípcias,  greco-romana e pagãs, tarô, tantra e maçonaria. Outra variante é a Cabala Prática que trabalha com o uso da magia, incluindo, a criação de amuletos e encantamentos.

Dharma é uma energia que Deus dá a todo ser vivente, ou seja, uma energia pura que nos engrandece e nos favorece com harmonia e paz. Praticar e compreender o Dharma é uma coisa rara e preciosa. Poucas pessoas no mundo são presenteados com essa oportunidade. A maior parte das pessoas estão rodando em círculos, levadas pela ignorância e desejo, sem consciência elas não conseguem sair da roda de Samara, a roda da avidez e ódio.

As oportunidades surgem por causa de algo que na língua Páli, (dialeto indo-europeu, simplificada do sânscrito) se chama Parami.

Parami é todo momento mental livre da avidez, ódio e ilusão.  Cada momento mental que for livre de avidez, ódio e ilusão tem certa força purificadora no fluxo da consciência e em nossa longa evolução nesta vida acumulamos muitas dessas forças purificadoras dentro de nossas mentes, onde, uma grande acumulação destes fatores benéficos da não avidez, não ódio e não ilusão, tornam os paramis mais fortes e resultando assim a todo tipo de felicidade.

Há dois tipos de paramis: pureza de conduta e pureza de sabedoria. A força pura de sua conduta torna as vizinhanças felizes, os momentos agradáveis, os relacionamentos felizes e, com oportunidades de ouvir seu Dharma.

Em tudo a nossa volta existe o Dharma, nas montanhas, nas árvores e em todos seres viventes. Então, praticar a doação em tudo que temos nos favorece. Um bom mestre pode provocar este parami para que você receba a felicidade e comece ouvir ao seu próprio Dharma.

Ao se sentar diante de um mestre e começar sua iniciação, após alguns meses de preparação, você conseguirá entrar nesta nova vida, através da meditação e alcançando assim o seu  Dharma.

O que tenho a dizer é que quando você pede algo, você está doando de si para receber de seu Dharma.

O Dharma significa aquilo que sustenta, que mantém, é a força régia da existência. A essência verdadeira do que existe, a direção universal da vida, o próprio dever pessoal.

Então, se formos entender bem, muitos bruxos buscavam em suas missas e sabás este momento. Assim, junto a seu discípulo e, com suas folhas, raízes e velas, os bruxos vibravam através do ser que pedia sua doação para receber assim o seu pedido e,  se o discípulo for sábio começará a entender e praticar o seu Dharma e, ao analisar sempre saberá como provocá-lo, obtê-lo.

Portanto, é bom entender e saber que quando se consulta um bruxo saberá que com sua data de nascimento,  ele invocará através da cabala, os anjos e, através dos anjos, ele terá o conhecimento de como combinar um relacionamento, e  prosperar em uma profissão e assim reequilibrar suas energias para que os seus dias sejam felizes e prósperos.

Então, você passa a entender que folhas, raízes e tudo que a natureza nos fornece tem uma energia para todo ser vivente.

A Roda dos Espíritos…

19 dez

Neste post iremos tratar das diferenças entre os espíritos e de que forma cada um deles agem e influenciam o ser-humano. Ainda colocaremos formas de limpezas para uma maior  harmonia  e prosperidade.

É muito comum ver as pessoas comentar e até mesmo temerem certas influências e vibrações de espíritos que confrontaram nas ruas e também é muito importante que prestemos bastante atenção no tipo de lugar e a influência que ele está exercendo neste dia.
As encruzilhadas são pontos de referencias para alguns tipos de espíritos que ali circulam procurando um portal para sua transição, mas, como estão ainda apegados ao plano terreno, eles acabam por seguir as pessoas e a absorver energias para assim estar mais ligados e tentar ter um pouco do mundo material para saciar suas vontades e muitas vezes conforme as pessoas acabam por terem dores físicas e até psicológicas que acabam por interferir no cotidiano das mesmas.

Aprendi nesses longos anos, não sair as ruas em jejum pois este mesmo deve ser feito quando se busca uma purificação e limpeza do corpo físico para um corpo astral. Isto requer que estejamos num ambiente limpo e puro. Desta vez, é uma das causas mais comum se um pessoa sai as ruas em jejum. E quando um espírito está perdido geralmente, aqueles que tiveram mortes súbitas e até mesmo traumática acabam por seguir e em seu desespero grudam nas pessoas tentando uma comunicação, ou seja, passar uma mensagem a seus entes.

O espírito de um acidente: este é muito perigoso pois não aceita a sua morte e a fatalidade faz com que não descanse e grudados a costumes e vícios terrenos vagam pelas ruas e casas onde a falta de crença e fé adentram e absorvem as pessoas causando grandes males a estes.

Espíritos esquecidos: são aqueles que por uma grande fraqueza psicológica e de segurança de amigos e familiares rodam pela cidade e acabam exercendo o costume de mendigos, estes são piores, pois outros espíritos sem iluminação e evolução acabam por a agregarem a eles, fazendo com que continuem cada vez mais vagando pelas ruas e buscando o que não compreendem.  Estes espíritos sugam até em seus últimos dias e assim, empreguinados passam a dar continuidade aos meus espíritos que o perseguiam em vida. Nota -se bem quando um mendigo está sobre a influência porque eles não costumam dar as costas à quem pedem esmolas.

Os espíritos iluminados: estes saem as ruas e ficam geralmente próximos as praças resgatando e doutrinando espíritos e fantasmas que seguem pessoas vivas para poder prejudicá-las. Esses espíritos iluminados é comum observar onda há um pequeno grupo de crianças brincando ou em rodas de brinquedos de época.  Costuma-se para quem entende sentar a essas praças e ficar bem atento para poder também receber grandes recados manifestados pelos mesmos.

Então, é necessário que você que quer aprender magia verifique e entenda estes espíritos para poder invocar seus mentores e guias para que assim possa estar ciente de que quando se abre um portal para receber mensagens e manifestar magias. Tenha grande cautela para que estes tipos de espíritos não entre por este portal. 

A pedra granada e o cristal de quartzo branco é muito importante para um ritual de final de ano para trazer harmonia, paz e prosperidade.

O círculo de sal marinho deve ser misturado com a verbena e então, traça-se um círculo de 90 cm e coloca-se a pedra granada e o cristal na horizontal do lado em que o sol se põe dentro do círculo e do lado que o sol nasce uma taça de cobre com um vinho que deve ser abençoado por uma oração ao grande mestre e entra-se dentro deste círculo e evoca-se o teu mentor para uma boa limpeza e canalização de energias. Quando sair retira-se toda a sua roupa e banha-se todo o corpo com botões de rosas brancas. Os pés devem estar descalços para que descarregue toda a energia dos meses do decorrente ano e com isto, os elementais da terra possa lhe dar novas energias. As roupas que entrou no círculo deve-se ser postas dos avessos e defumada com incenso de cravo. Após fazer isso, pode-se então entrar dentro de sua casa e tomar um banho com água limpa e corrente e pedir aos elementais da água que faça uma conexão e lhe abençoe para uma nova etapa de sua vida.

Durante o restante do dia queima-se velas lilás e azul pedindo-se que lhe filtre um novo renascimento para começar uma fase de relacionamentos sem conflitos e bem harmoniosos.  Sai-se então fora de sua casa e caminhe no mínimo um quarteirão fazendo-se então um quadrado bem necessário para que possa encontrar e até mesmo resgatar dificuldades e problemas não resolvidos durante o ano.

É um portal que deve ser aberto em campo próximo a uma cachoeira numa manhã de dezembro entre o dia 20 e 23 do mesmo mês. Não se dá importância a distância do local à sua casa pois a pé, ou até mesmo de carro terá o mesmo efeito de peregrinação absorvendo assim um tempo para meditação e reconciliação entre corpo e espírito criando uma esfera de força entre espírito e alma.

A raiz de calêndula é um excelente cicatrizante para a alma quando misturada com verbena. Mistura-se estes dois óleos de essência, água de mina, para uma perfeita cicatrização da alma onde será retirado mágoas, traumas e até mesmo possíveis feitiços espirituais.

Raiz do girassol quando estamos com um problema financeiro é natural que então junte raiz e óleo de essência de rosa branca e almisca e com água do mar faz-se um banho em lua nova para afastarmos as dificuldades e possamos progredir e assim resolvendo os problemas ligados ao dinheiro.

A Invocação

18 nov

É nos ensinado que precisamos em primeiro lugar saber o que queremos para buscarmos e assim conseguir, ter uma reação para sanar um problema, no caso, espiritual.

Busque no problema o que é natural, ou seja, tudo aquilo que é previsível ao cotidiano de cada ser-humano. Então, observe a reação para saber o que influencia e flui da pessoa em questão.  Somente depois, é que se busca uma esfera espiritual o que está vibrando e afetando negativamente a pessoa.

Então, comece pelo primeiro passo, ou seja, uma vela bem firmada para um anjo de luz e assim obterá um resultado bem favorável.

Estão mexendo com entidades que foram mandadas, um Exu  uma gira, ou até mesmo um egum (alma sem origem ou doutrina espiritual). Então busque em sua esfera espiritual a entidade que falará qual o problema e que tipo de demanda está sofrendo o individuo. Até ai é muito simples para qualquer sensitivo, mas, o importante é sabermos e confiarmos plenamente em nosso anjo, orixá, ou mentor.

Guerras de Exus: Basta olharmos atentamente a pequena distancia que a entidade está do chão ou colada ao chão. Quando a cima do solo é mais fácil pois trata-se de uma entidade com uma pequena doutrina e com pequenos rituais é fácil saber o que ela quer ou por quem foi mandada. Quando colada ao chão é necessário mante-la por um determinado tempo porque somente assim saberemos a verdadeira intenção da entidade pois não deve em hipótese alguma, aceitar os recados e nomes que esta entidade te oferece em dado momento pois o próprio ser astral já nos mostra bem claro que todo espirito, seja de qualquer etnia ou classe, de qualquer plano, não se deve depositar confiança pois mentem e até mesmo oferecem várias oportunidades para tentar persuadir , iludir para que não seja afastada, assim, ganhará tempo e mais oportunidade para prejudicar a pessoa afetada.

O segredo dos bruxos: Mercado das almas. Coloque-se a frente de uma grande feira com várias barracas onde vende-se diversos tipos de produtos e alimentos, é natural então, que cada individuo escolha produtos de acordo com suas necessidades pois assim criamos em nosso lar, diversos tipos de energia para a nossa própria sobrevivência.  Neste caso então, temos barracas que chamamos de portais onde se tem origem de várias almas e espíritos e sobre cada uma, um tipo de reação para quais são criados.

Para nós bruxos é muito importante prestar muita atenção e sabermos diferenciar pela nossa força espiritual que tipo de espirito usaremos para buscarmos ajuda material neste mesmo plano. Como foi dito , é muito vasto e também muito fácil de diferenciarmos estas forças começando pelos elementais, seus alimentos, raízes e flores e também folhas. Dessa forma, nos dá uma ampla visão do tipo de força a que desejamos usar.

O que brota pela raiz, os bulbos, nós classificamos em duas partes: espíritos doutrinados que já estão começando a ganhar luz e sabem diferenciar o bem do mal, este usamos para nos proteger ou em uma tarefa para ajudar a pessoa com problema em questão.  Os que estão neste mesmo plano que chamamos de colados a terra, nós os retiramos e os mandamos em uma esfera de aprendizagem.

A verdadeira sabedoria de um bruxo não é colocar demanda contra demanda e sim cortá-la e como tal procurar saber a pessoa que mandou, o que ela mais gosta, e assim, mandar essa influência positiva afastando-a pois somente desta forma não haverá ponte para esta guerra.

Não se esqueça jamais, que o bruxo, ele é como um corredor de pedras, tudo que está no astral carnal passa sobre ele ecoa sobre ele pois dessa forma ele saberá que tipo de entidade ou demanda está a aflingi-lo.

Veja bem, o mercado das almas é toda uma ampla escola que passarei mais adiante, como trabalhar e diferencia-la, pois temos, entidades relacionada ao fogo, que nos proporciona conforto e também pode nos ferir como setas ardentes. Costumo quando se fala do elemento fogo, dizer sempre: observe e sinta o tipo de espirito que está perto da pessoa pois dessa forma saberá que sob a influencia das salamandras sempre se tem uma certeza de caráter desta pessoa, pois, índole ruim, espíritos ruins.

O anel de fogo: É uma eficaz fórmula que usamos para invocar um astral limpo e renascido, pois, como lidamos todos os dias com grandes influencias malignas é necessário usá-la para o renascimento e ajuste de sua própria alma.

As quatro pedras do sol nos purifica criando uma dimensão onde pequenas esferas e aros nos circula sobre nosso etéreo beneficiando assim uma canalização de energia e equilíbrio da alma.

Raízes de calêndula:  Deve ser espalhada em quatro pontos sob uma vasilha de barro e queimada, agirá como uma cicatrização da alma, ou seja, trará equilíbrio para os quatro chacras e assim dessa forma curando e nos protegendo de pequenas fugas de energias negativas que a alma não curada pode trazer.

O sal: Em nossas bruxarias, ele é usado como um grande círculo fechado, para que ocorra a energização, purificando o ternário, ou seja, corpo, alma e espírito. Costumamos traçar junto ao sal quatro planetas simbolicamente riscados sobre este.

A vela: Ela vem como complemento do fogo que não está tocando o chão, dessa forma, serão chamas elevadas no ar e a sua cor é importante pois nos fornecerá o tipo de situação que estaremos enfrentando quando se abre um portal, pois a ponta da chama dividida em duas partes estaremos com dois anjos nos orientando. Abaixo dessa chama teremos uma cor que sempre será lilás, isto porque, usamos de um lado um árabe (espírito) de outro lado uma salamandra, esta, escolhida ao qual você já tenha contato.  A importância desta vela que estará uma ao leste, a outra a oeste com referencia ao norte, onde o sol nasce é que ela abrirá uma dimensão para o renascimento de sua energia e que ela não seja afetada pelo trabalho ao qual foi usado.  Isto criará uma evolução para o seu anjo protetor.

A taça: Sua necessidade e importância representa a feminilidade que o acompanha pois representa a força como elemento que será fornecido ao bruxo em forma de visão e sensibilidade. Costumo colocar, a importância deste elemento da seguinte forma: – Ó sagrado cálice, tu que és como primeira mãe, que alimenta o homem, o filho e o mundo, que alimente nosso corpo, pois  são como seios que alimenta a criança nascida que traz a purificação dos querubins, dos homens que os alimentou representando a força sobre esta terra e os seios que alimentam o mundo que nos fornece tudo que está oculto. Salve as salamandras que nos purifique e nos alimente, e nos renasça, pois neste momento canto com alegria e tristeza e com a alma da fênix eu renasça novamente.

Esta é uma invocação muito importante que sempre é feita na primeira lua Nova de uma sexta-feira as 21h. É um grande e importante sabah para a limpeza de todo bruxo que quer prosperar.

A rosa: São quatro as usadas. Amarela para as bruxas e as brancas para os bruxos. Elas sempre trazem o que está oculto como a principal rainha criada muitos dizem, por santas, que nos fornece um rico alimento para o corpo limpando-nos de um bruxedo e nos abençoando para uma nova etapa ou portal em nossa evolução pois em forma de botão, com o passar de 2h sobre o círculo dos bruxos ele se abrirá em sua metade. O botão simboliza nossa formação de feto e com flor aberta, nosso nascimento. damos muita atenção pois sua eficacia é muito grande em trabalhos de proteção ou bruxedos de amarrações e adoço.

Proteção e equilíbrio do lar

7 nov

Se sua casa existe quatro portas, ou seja, estas portas sendo duas das entradas dos quartos, a outra da cozinha e finalmente a da entrada, pegue óleo de essência de mirra, misture em 1/2 litro de água e passe na porta da entrada somente nos batentes e diga: – Esta porta é a da entrada de Deus, que ela esteja consagrada para a passagem de meus amigos e familiares e em nome do Sagrado e do consagrado Deus nosso pai, assim a batizo. E o restante da água de mirra deve permanecer na sala com uma vela lilas acesa para o instrutor Cristo.

Em seguida, recomece pela segunda porta, a da cozinha, usando um copo de água misturado com óleo de essência de beijoim. Ofereça ao anjo Rafael para que ele proteja contra todos os males físicos e a casa esteja saudável para a família estar saudável. Passe com pano bem limpo a beijoim da esquerda para direita, ou seja, do pé esquerdo até o pé direito do batente. Em seguida, coloque o copo ao lado do outro na sala com uma vela verde, que devem estar em cima de um móvel.

Com um incenso de alfazema perfume toda a casa até chegar a porta da cozinha e coloque ao lado dos dois copos na sala. Reze a oração de todos os santos para que abençoe sua casa e sua família (um Pai Nosso e três Ave Maria em voz alta).

Sempre que puder, enfeite sua sala com rosas brancas para que esteja sempre presente todos os anjos na sua morada.

Após as velas terem queimado e o incenso consumido, despeje no ralo do banheiro os dois copos com a mistura de água e essências.

Para a prosperidade nas finanças. Tenha em sua mão uma cambuca de louça branca, o arroz sem cozinhar, duas colheres de sopa de açúcar mascavo, algumas folhas de louro e um damasco. Monte tudo na cambuca, as folhas em círculo, o damasco no centro, em volta do damasco o arroz e o açúcar mascavo cobrindo o damasco e três gotas de óleo de essência de rosa branca. Ofereça aos três Reis Magos. Este bruxedo é feito ao meio dia de sábado.

Para o sentimento prosperar e obter harmonia. Pegue três colheres de pau, coloque-as em formação de flor, sendo que os cabos fiquem para fora. Coloque na primeira colher raiz de girassol untada em azeite branco, na segunda colher, raiz de hortelã untada com azeite de dendê, na terceira colher, raiz de rosa branca untada com óleo de essência de madeira. No centro, entre as colheres, coloque uma vela abóbora escrito o nome e símbolo de Ísis, queime o seu nome e da pessoa amada e as cinzas espalhe pelas três colheres. Peça, olhando para o por-do-sol, os seus desejos e feche em círculo de sal grosso e deixe-os até que a vela acabe. Após terminar de queimar a vela, junte tudo em uma caixa de presente e adicione as fitas de cor laranja, azul, lilas e vermelho, todas com o  tamanho de seu antebraço. Leve ao centro de sua cidade e sem que percebam a sua volta, “esqueça-o” no local, de preferência numa praça.

Toda a magia deve acompanhar sempre horários impares e, também, com a presença da influência da lua nova e lua cheia. Faça antes um banho de purificação usando óleos de essência, para o sentimento a essência de madeira, para as finanças a rosa branca e para a casa, a mirra.

Agora, se quer montar um altar para pedidos do dia-a-dia é necessário ter no mínimo sete tipos de essências, que sua casa não deixe faltar a canela, o cravo e a colher de pau e a limpeza da casa preparada.

Sétimo Portal – A Proteção

5 nov

Após a conclusão e a manifestação dos quatro elementos: fogo, ar, água e terra, foi me dado uma orientação ao qual eu acho muito válido e a principal aquisição de um bruxo. É como se fosse a chave de uma porta entre todos os portais aonde nos ensina a consagrar o vinho como um elemento de aproximação e até mesmo de magnetização.  Sendo que representa muito bem o sangue sagrado.

Depois como abençoar o sal para que ele tenha forma e proteção e sua eficácia num círculo para limpeza sendo que é importante ressaltar que conforme a carga não é beneficente como um único limpeza física. E, também a grande necessidade da água e como batizá-la com um punhal e consagrar para que se possa usá-la como abertura de forças de um iniciante e até mesmo para invocar seres astrais.

Após entendermos que todas as religiões nos ensinam suas normas e regras e possíveis histórias como revelações, mistérios como ensinamentos e manuscritos como fundamentos, mas, deixa muito a desejar como agir e se proteger perante uma carga negativa, ou seja, a vassoura na época de princípios antigos era usada como um bastão que em sua ponta existia um cristal de quartzo e juntamente com outros seis bastões formavam um portal perfeito, mas, como estávamos sendo caçados era disfarçados como vassouras. Então, fica bem claro que a bruxa sentada em sua vassoura na verdade era uma brilhante idéia de que como os setes bastões com seus respectivos herdeiros em círculos davam a eles o poder de ver e  ouvir o que não estava ao alcance dos olhos carnais.

O punhal ficado ao centro desse círculo e os sete cálices em outro pequeno círculo, cada um, contendo seus elementos permitia curas e purificações de grandes males. Então, fica bem claro que, a proteção é o princípio e também, a solução de todo um trabalho para os bruxos.

Convenhamos então que, há necessidade de trabalharmos para cada pessoa com seus cristais em perfeita sintonia com o seu planeta e signo ascendente.

Depois, o cálice e seu incenso de acordo com cada mentor de uma bruxa e bruxo. Terminando assim, com o incenso e a pedra para que possamos formar o que chamamos de resposta do verdadeiro significado de uma pirâmide, ou seja, a ponta do pentagrama.

Há necessidade de grande importância para um bruxo a presença de uma bruxa que o acompanhe em suas magias e feitiços, pois, deve-se ter em mente a representação do cálice sagrado e o homem do punhal abençoado.

Sexto Portal…

27 out

Doutrina de seu Eu.

É comum vermos em vários médiuns a polêmica frase: – Fulano estava carregado e estou passando mal, ele me trouxe uma carga. Então, é necessário que tomemos consciência de que somos como um casulo que amadurece as vibrações ao nosso redor, as identifica qual sua intensidade e esfera, esta espiritual que nos denomina se emocional ou obtida através de outras reações como entidades ou cargas de qualquer tipo de feitiço.

Gosto de frisar aos meus seguidores a diferença de uma reação que ele tem como dever absorver a impressão do problema e até mesmo seu grau de intensidade no indivíduo.

É comum então, que, o guru ensine na prática como lidar com esta reação e diferenciar o que é emocional do espiritual.

Primeira reação: a impressão deve ser analisada pela instabilidade do médium e deixá-lo tranquilo pois, seus sintomas são muito parecidos a de um ser-humano com angústia e ansiedades e que estas são tiradas o mais rápido possível com banhos de óleos de essência dentro de uma mandala, esta, de acordo com o nascimento, dia, mês e ano, o anjo do dia e a fase da lua, e, aprofundando mais ainda, para um total sucesso, acompanhando raízes e folhas e respeitando o equinócio do respectivo ano.

Devemos entender os horários que nos atinge buscando a causa para que possamos passar ao segundo passo que seria trazer o individuo, buscando assim, a raiz do feitiço.

Neste portal, o seguidor já teria que trazer todos os elementos concluídos  ou seja, feito o equilibrio entre os elementais.

É necessário um estudo aprofundado pois segue-se uma continuidade de outras entidades que acompanham, ou seja, fazem parte do que chamamos de família. Os orixás seguindo os elementais e os seus respectivos domínios. Toda a situação deverá ser orientada pelo mentor do médium.

É muito importante separarmos nossas raízes, costumes e até mesmo tabus, onde, existe rituais para separarmos de cada seguidor o seu Eu negativo e positivo, só assim então, podemos classificar para cada bruxo em particular qual campo ele atuará dentro de um clã para trabalhar, sendo que, saberá como separar raízes, condimentos, folhagens e flores, sendo uns elementos para o emocional e outros para o espiritual.

Devemos entender que, em nossa frente e ao nosso redor está todo um montante de elementos vivos sendo ecológicos, nos fornecendo tudo aquilo que precisamos para manifestarmos uma ajuda altruística para diversos indivíduos e a kaballah nos indicará a diferenciar o carma do darma e através da aura ver em que estado a alma se encontra, e, suas cicatrizes astrais nos mostrará como devemos atuar.